Os braços de Fábio

por: Bráulia Ribeiro (Artigo publicado na Revista Ultimato (Maio-Junho 2010 – Nº324) Quando Fábio morreu, eu não conseguia pensar em mais nada a não ser em seus braços, na pele que iria se decompor. Pensamento mórbido, eu sei, mas só me lembrava das tatuagens que decoravam os braços daquele homem e no que aconteceria com... Continue lendo →

Anúncios

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: