Fui o orador da turma (o alienígena ai sou eu, mas não é um seriado tipo Guerra nas Estrelas), esse foi o discurso proferido no dia…
O pastor Dr. Martin Luther King foi um grande líder, lutou sem o uso da violência contra a discriminação racial, certa vez ele disse:

“O que me preocupa não é nem o grito dos corruptos, dos violentos, dos desonestos, dos sem caráter, dos sem ética…

O que me preocupa é o silêncio dos bons.”

Quantas pessoas boas tem sido emudecidas pelo mundo e ficado sem força para continuar com a mão no arado.
Não se faz teologia apenas com livros e estudos acadêmicos, mas com a vida. O curso de teologia é parte da nossa vida e chamado de Deus.
Foi com a vida que Deus nos deu e sua missão no coração que colocamos o pé na estrada, a estrada da fé e neste caminho encontramos outras pessoas especiais que contribuíram para formação e capacitação na obra do Senhor.
Aqui os bons não pode se calar, não pode se omitir.
As pessoas que fizeram da sua vida sua teologia, que fizeram teologia com a própria vida não mediram esforços – uns para ensinar, outros para aprender, uns para trabalhar na secretária e direção da escola e outros não menos simples para limpar e manter o ambiente melhor e todos se esforçaram para serem amigos.
Como é bom e agradável quando os irmãos convivem em união! Sm 133.1
O bom mestre não se calou, não foi só professor, foi amigo, foi pastor, foi mentor da vida.
O bom amigo de classe não negou ajuda, foi companheiro e dividiu alegrias e choros, animou um ao outro.
O bom diretor, secretário e funcionário ficou do lado, administrou e estimulou ao cumprimento do curso.
A boa família nunca ficou em silêncio, mas viu os bons atos, orou e acompanhou os passos e foi participante dessa formação.
Os bons(as) esposos(as) somaram na unidade de uma pessoal e esteve não só do lado mas foi junto para sala de aula, para os trabalhos e estudos ajudando e cooperando.
Quão bom foi chegar até aqui,
Quão bom foi a participação de todos vocês – “até aqui o Senhor nos ajudou”.
De uma forma especial queremos lembrar o bom nordestino que começou todo esse sonho, Pastor Edson do Nascimento (fundador da FATI).
Inspirado por Deus não silenciou, mas desbravou, lutou, um homem bom que não se calou! Foi visionário, pastor, diretor e professor  –  em suma esteve presente em seu tempo de vida e fez da sua vida sua teologia, compondo suas canções, realizando casamentos e batismos, quantos batismos, ajudando inúmeros pastores no inicio de seu ministério dividindo seu lar e seu pão, assim fundou e abriu várias igrejas.
Sendo breve quero encerrar com as palavras do bom Mestre Cristo Jesus, autor desta obra de vida:
“Ninguém que põe a mão no arado e olha para trás é apto para o Reino de Deus”. Lc 6.62
Os bons… senhores pastores, mestres, diretores… Os bons senhores formandos… Os bons não podem parar! Eles tem que continuar!
Muito obrigado e que Deus abençoe a todos!
Joaquim Tiago Bill

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s