O mundo é plural, mas a liberdade é singular

Anúncios

Novo e vivo caminho

Por: Joaquim Tiago

Porque escolhemos o caminho mais difícil?

Não o caminho mais perigoso, sim o caminhar da resistência, resistir ao mal estabelecido. Existe caminhos que fica fácil ser ruim, praticar a maldade.

O óbvio entre as escolhas é tentar levar um pouco de vantagem, se entregar para ser o “esperto”, lucrar, tirar proveito, obter a vantagem.

Certas escolhas nos faz, a pessoa que somos. Acabamos por ser nossas escolhas.

Escolhemos se somos parte do prático, do que já ta posto, do tal status quo, o chamado lugar comum, a via média mais fácil de trafegar. Escolha verdadeira foram os 7mil que não dobraram seus joelhos ao deus comum dado ao povo.(1Rs 19,18)

A escolha mais dificíl é essa, negar a maneira mais fácil de ser.

Quando negamos certas facilidades acabamos morrendo mais uma vêz, vivemos menos nesse sistémico mundo. Por isso o Messias já hávia anúnciado: “quem perder a vida por amor de mim a encontrará novamente” (Lc 9,24). Encontrará novamente no risco de viver sem a obviedade do sistémico lugar comum.

É alto o preço da liberdade na vida do Messias. A liberdade do sacrifício, uma vida fora da escravidão do ego. A vida no Reino de justiça e paz que promoverá nosso outro, meu próximo, como a si mesmo.

Numa terra de gigantes “onde trocam vida por diamantes” (Eng.H) onde cada um quer defender seu mundo, não somos nada a não ser mais um número que faz parte da estatística, tentando ganhar o que restou da vida. Se formos engolidos pelo gigantesco mercado seremos transformados nas marcas que acreditamos possuir ou o conforto que lutamos até fadigar para adquirir.

Todo esse presente é um caminho muito fácil, esta na sua porta batendo, querendo entrar, se já não entrou e passou a dominar a sala de “estar” colocando-nos bastante preocupados e com dúvida do que será realmente essa vida.

Onde realmente estamos?

Quem te falou que você podia? Quem lhe deu a ordem sobre o que pode ser bom ou ruim? Quem lhe falou o que você pode fazer?

O difícil agora é escolher um caminho que negue tudo isso e óbvio que negue a si mesmo para si mesmo.

Deus podia ter feito juízo sobre nós, em seu domínio ter nos apagado da história como indivíduos, mas preferiu agir em si, entregando-se por amor, sendo Ele mesmo nossa condenação.

Pelo incomum caminho Ele amou tanto o sistémico mundo que entregou seu único filho, Cristo o verdadeiro Messias, para que todos os que Nele crerem não sejam mais os mesmos, mas tenham vida e ela em grande abundância. (Jo 3,16) Os que estão em Cristo nova vida é, essa é uma proclamação do sacrifício onde tudo se fez novo e fora do comum.

Novo, vivo e incomum caminho, não escolhemos o mais difícil, na verdade não sabiamos para onde iríamos na difícil tentativa de viver, existir. Eu estva perdido dentro de um lugar fácil e vazio.

Novo e vivo caminho, andando com a paz no coração sabendo para onde estou indo. O Messias é o caminho do amor, quem esta em Cristo não esta mais perdido, Nele o caminho é a verdadeira vida!

“O caminho de Deus é perfeito, a palavra do Senhor, verdadeira. Ele protege todos os que Nele se refugiam.” (2Sm 22:31) – “Jesus disse: ‘Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida. Ninguém pode chegar ao Pai, a não ser por mim.” (Jo 14:6)

 Que em 2012 abra-se novos caminhos para você e neles possa experimentar um andar que se renova a cada dia!