A consciência de cada um

O que é o que você sabe afinal de contas?

Como você age a partir das informções que você tem?

O juízo e os valores de cada decisão, como avaliamos quando deferimos um ato?

O que é a consciência?

Dizem que cada uma tem a sua, e muitas já não tem.

No dito popular, uma ação desenfreada e mal feita, uma ação violenta e descuidada é por conta de alguem que não tem consciência, se tem é pouca ou é muito falha.

Segundo Freud, o consciente é somente uma pequena parte da mente, incluindo tudo do que estamos cientes num dado momento. O interesse de Freud era muito maior com relação às áreas da consciência menos expostas e exploradas, que ele denominava Pré-Consciente e Inconsciente. O consciente é a parte da mente que estamos cientes.

O nível consciente refere-se às experiências que a pessoa percebe, incluindo lembranças e ações intencionais. A consciência funciona de modo realista, de acordo com as regras do tempo e do espaço. Com ciência, a ciência dos fatos, o juízo das coisas, as decisões dos atos e decisões. Sem ciência, sem juízo, denota uma falha enorme chegando mesmo a perca da total consciência quando nos depramos com atos de psicose, psicopatia e loucura mesmo.

Um grande amigo disse recentemente uma palavra pra definir os seres sociais que encontramos hoje nas idas e vindas, nos stress e traumas e obcessões tidas como normais, mesmo sendo obsessão consumista e individualistas, a afirmação é: “Os Normóticos” – Que maravilha de palavra, que expressão das mais certeiras e ainda encontrei uma definição de Pierre Weil“É um conjunto de normas, conceitos, valores, estereótipos, hábitos de pensar ou agir, que são aprovados por consenso ou pela maioria em uma determinada sociedade e que provocam sofrimento, doença e morte. É algo patogênico e letal, executado sem que os seus autores tenham consciência da sua natureza patológica.” Pierre Weil. (psicólogo)

Ainda existe algumas definições que podemos encontrar:

O que é consciência: s. f. 1. Capacidade que o homem tem de conhecer valores e mandamentos morais e aplicá-los nas diferentes situações. 5. Conhecimento.

O que é consciência para a biologia: sapiens sapiens o ser que sabe que sabe. Diferentes dos animais que sabe, mas não sabe que sabe.

O que é consciência para filosofia: “com-ciência”, o homem é capaz de fazer sua inteligência debruçar sobre si mesma para tomar posse de seu próprio saber, avaliando sua consistência, seu limite e seu valor.

O que é consciência religiosa ou teológica: Crer em verdades reveladas pela fé.

O que é o consciente e a consciencia para psicanálise: É o pensamento presente, o que sabe o que faz. Região iluminada pela consciência.

O que é o que nós sabemos e quem nos falou que sabemos o que sabemos?

Quem é que abriu nossos olhos para consciêntemente definirmos o que é bem e o que é o mal, qual fruto de informção ou formação que nos deu o entendimento do que podemos fazer? (Gn 3.4-6)

O homem é um ser consciênte com uma falha adâmica que desde que sabe que sabe, não sabe tomar as decisões corretas e faz guerras para tentar conquistar a paz. “Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus;” (Rm 3:23)