vida

Por: Joaquim Tiago

A obra do Espírito Santo faz parte da Trindade – Pai, Filho e Espírito Santo.

A obra da salvação, o selo da promessa, a marca de propriedade de Deus, o penhor da salvação, a garantia de que receberemos o que significa que Deus já nos comprou é concluído pelo agir do ES (Ef 1.13-15).

Ele nos fará lembrar, Ele nos guiará a toda verdade, Ele nos mostrará à glória de Cristo (Jo 16,13-14).

Vivemos em meio aos conflitos humanos, tantos os espirituais que também podem ser emocionais.

Se dermos uma rápida olhada para nossa sociedade e para sua cultura logo perceberemos seus maiores conflitos e os seus frutos que são: depressão, angústia, morte, dívidas infinitas, vícios sexuais, drogas lícitas e ilícitas, corrupção e muitos outros.

Diante de nós a nossa cultura social provoca em termos gerais muita dor e as pessoas vão vivendo e sofrendo com a falta de amor, falta de alegria, falta de delicadeza, falta de bondade, falta de fidelidade, falta de domínio próprio, de auto conhecimento de disciplina e a falta que mais destrói o que é ser realmente  humano de verdade, a falta de humildade. Essa é a fabrica da desumanização total.

Todo esse processo também é um ritual religioso, porque cultura é religião e religiçao é cultura. Olhe para os exemplos de Israel no AT quando Deus chama sua atenção através dos profetas e juízes para que não se misturassem com outras culturas, porque assim iriam misturas povos com outras religiões e outros deuses, o rei Acabe e louca Jezabel que o diga.

Quando olhamos para nossas culturas e sub-culturas onde estamos inseridos nos vemos diante de processos e rituais, hábitos como filosofia de vida, costumes e disciplinas naturais e espirituais. Em um mundo pós-moderno plural, somos quase todos sincréticos, não queremos abandonar Deus, mas queremos novamente misturá-lo a uma sub-cultura com valores totalmente diferentes, valores estes deixado por Ele registrados nos escritos bíblicos. Os líderes religiosos são também agentes culturais e esses muitas vezes falam em nome de si, em nome da sua influência de valores e em muitos casos, vemos a história se repetir como a de Moises no monte buscando os valores de Deus e os Arão em outra instâncias querendo agradar o povo criando um deus como as próprias mãos simplesmente para satisfazer nossas necessidades mediante nossas crises.

Os deuses e seus lideres culturais de hoje em sua maioria não respondem mais aos anseios das pessoas, e muitos só pioram, emocionalmente, espiritualmente seus seguidores e adeptos, oferecem soluções rápidas e momentâneas. O que acontece quando nossa cultura religiosa não respondem mais aos nossos anseios, as nossas crises, a nossa fome de significados?

Uma cultura religiosa que não satisfaz nosso desejo (mundial) de paz, de felicidade, de paciência, de segurança pois estamos ansiosos cronicamente, de angústia. O que fazer? Quais as respostas culturais estamos assistindo no momento, quais as respostas estamos consumindo?

Alívio Imediato: Drogas legalmente permitidas e as não permitidas, entorpecentes, álcool, consumo, poder, dinheiro (de deus ou do diabo, isso não importa), ser “bonito”, baladas, “opem bar”, “transar”, e qualquer bezerro de ouro que aparecer oferecendo uma solução prazerosa.

Nada do que produzimos nos dará o que tanto ansiamos, nos dará respostas. Tudo que fazemos para tentar suprir essa necessidade é paliativo, viciante e destruidor. A cultura social esta em conflito e morta e as obras das suas mãos são obras mortais. O progresso não produz vida, para o benefício de uns existe a malefício de outros gerando sempre a subtração ao contrário da ajuda mutua sempre ensinada/praticada por Cristo e do seu Reino de Justiça. “As obras de sua mão são obras mortas”.

Se as pessoas e você como eu anceia por amor, alegria, paz, paciência, bondade, mansidão, disciplina e auto-conhecimento, esta é uma obra do ES, é quando Ele esta agindo e transformando seu eu (Gl 5.13-22), a mudança de sua natureza conforme Rm 8.

Falaremos dessa obra na outra parte.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s