“Mas, se alguém não ama demonstra que não conhece a Deus, porque Deus é amor.” 1Jo 4.8

“Deus é amor. Portanto o amor tem valor e caráter absolutos, e não depende dos nossos sentimentos ou das circunstâncias, favoráveis ou não, para ser o que é. Todo o cumprimento da lei de Deus se resume no amor. Esse é o seu mandamento para a igreja, o que da sentido à sua vida e a todas as suas ações. Logo, é através da obediência, e não dos seus sentimentos e da sua disposição natural, que a igreja toma posse da virtude e dos efeitos do amor. Sendo que o nosso entendimento de obediência não se limita ao aspecto de obrigação, mas de privilégio e de oportunidade. Pois amando podemos ser exatamente como ele é.” BORJES, Paulo Jr. – A alegria de Ser, pg 18 –Ed. Candeia.

Existe muito conhecimento no mundo em que vivemos, existe muita falácia, estamos todos a todo momento entorpecido de informações, diversões e entretenimento. Uma overdose de achismos, de teorias, de manipulação e de interpretes. Como já ouvi de um bom professor no seminário – a hermenêutica virou a rainha da pós-modernidade onde cada individuo faz sua interpretação, um verdadeiro pântano com um grande lago porém tudo muito raso, águas que só vão até o tornozelo.

Somos parte de uma geração que temos acesso a qualquer tipo de informação, de conhecimento, basta um click que seja e segredos que em épocas passadas eram praticamente impossíveis. Vejo nisso até uma vantagem e uma evolução digamos proveitosa quando somos disciplinados e autênticos com que acreditamos, com nossos valores. Por outro lado continuamos piorando como humanidade, o progresso só destrói, nada desse conhecimento resolveu nossos maiores dilemas, nossas maiores aflições, nossa indiferença e alienação com o próximo e pessoalmente. Não conhecemos a nós mesmo em nossa natureza caída e não conhecemos a necessidade de todos e da vida. Ainda nos perguntamos: Quem somos? Onde estamos e para onde vamos? Qual o sentido dessa vida?

Deus criou a vida e tudo que nela há, criou-nos e nos deus seu sentido, nos faz ser, Ele é o eu Sou e sabe o que somos e saberemos ser se o conhecermos. Como o conheceremos? AMANDO! Amá-lo sobre tudo e ao próximo coma a si. Se alguém não ama demonstra que não o conhece e não sabe nada da vida, se tem conhecimento, conhece muita coisa que sem Ele não faz sentido.

Qual o seu conhecimento da vida?

Joaquim Tiago Bill

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s