“Por último, quero recordar-lhes que a força de vocês deve vir do imenso poder do Senhor dentro de vocês.” (Efésios 6.10)

“Quando persisto na oração, reconheço um interlocutor que assume a outra parte do diálogo, uma espécie de alter ego interior que representa o ponto de vista de Deus. Quando quero vingança, esse parceiro me lembra do perdão; quando obcecado apenas com minhas necessidades egoístas, impressionam-me as necessidades alheias. De repente, percebo que não estou falando comigo mesmo nesse diálogo interior. O Espírito de Deus está orando dentro de mim, comunicando-me a vontade do Pai. ‘Meu segredo é muito simples: eu oro’, escreveu Madre Teresa de Calcutá.”

Philip Yancey – ORAÇÃO, Ela faz algum diferença?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s