leoes em caçando

“Ele não tem medo de más notícias porque o seu coração confia totalmente no Senhor, ele tem uma base firme para a sua vida.” (Salmo 112.7)

O medo todo dia me acompanha, me desperta para saber o que vou enfrentar já pela manhã. As vezes vou com ele dormir e ele me faz companhia pela noite. Isso não quer dizer que sou uma pessoa medrosa, mas sou ouvinte das más notícias, sou observador do vôos passageiro da ave de rapina, sou observador de como o sistema vai conduzindo e governando as coisas para seu bem e para o mal, de como os ministros do reino vai planejando uma forma de tirar a prática de oração ao Deus verdadeiro, um decreto que pode condenar-me a cova dos leões (Daniel 6).

Dizem os especialista que ter medo é normal e necessário pois nos leva ao cuidado, a evitar riscos, nos da ação para reagir em determinadas situações de perigo, o maior problema aqui é quando o próprio sai do controle e assume as rédeas da nossa vida caminhando para o pavor e o pânico. Como somos atordoados por más notícias em todo momento, repetidas vezes e no fundo até gostamos porque já estamos viciados esse controle do medo fica fácil de acontecer, vivemos entre os transtorno de ansiedade e nossos vícios com fluoxetina e calmantes existenciais. Fazemos um juízo exagerado de de nós mesmo, tiramos nossas conclusões mercadológicas do que podemos ter e ser até porque é cobrado socialmente e consumamos um medo que nos afeta quando não conseguimos e o que não somos. Não somos o super-homem e nem a mulher maravilhosa, somos vulneráveis de mais, vulneráveis de si mesmo, nas custos da vida e no risco do assalto, do acidente, do desemprego, da doença e da morte, temos medo da forma natural da vida e viemos como se fossemos independentes da verdade como ela é – Que mundo de frustração!

Antes de ser comido pelo leão que vou/vamos enfrentar preciso entender, se faltou coragem faltou tudo. Já dizia o pensador, coragem é nossa fé em ação, quem não tem medo das más notícias e encara o terror de frente possui uma base firme para sua vida, sabe em que terreno vai andar. Uns confiam em si mesmo, outros nas estatísticas outros nas organizações e muitos no crédito especial que lhe foi oferecido, mas no fim é tudo em vão, muita coisa na história da vida humana já passou e outras irão com certeza, já estão indo, mas o Senhor e sua palavra permanecerá.

Haverá situações em que Deus não vai tirar você da cova que esta repleta de leões famintos, mas lhe dará uma base firme para pisar, coragem para dormir com eles até chegar o novo dia. Essa coragem só existe para quem ora e não tem medo do decreto desse governo que tenta nos impedir de assim ser feito. Quem ora sabe em quem confia!

Coragem é o medo entregue em orações. Coragem não é a ausência do medo e nem a presença prepotente da auto-suficiência. Ao contrário, na perspectiva bíblica e teológica, é a presença da dependência constante de Deus. Karl Barth

Joaquim Tiago

7/8/13

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s