Cristo lavando pes

“Ao aceitar, pela fé, o que Deus sempre desejou para nós – consertar nossa situação com ele, tornar-nos prontos para ele -, alcançamos tudo isso com Deus por causa do nosso Senhor Jesus. Mais ainda, abrimo-nos para Deus e descobrimos, ao mesmo tempo, que ele já se abriu para nós e nos achamos no lugar que ele queira que estivéssemos – perante a graça de Deus, na presença dele, expressando nosso louvor.” (Romanos 5.1-2)

A obra de Deus na vida de Cristo nos justifica a viver. Esse justo vive pela fé da qual o próprio Cristo é o autor. A vida de Cristo nos mostra como se deve ser.

O que Deus esta desejando é nós tornarmos prontos para Ele e assim a justificação em Cristo tem dois pontos fundamentais que são: 1) A obrada da redenção creditada a nós sem mérito; 2) O outro é a obra que o próprio Deus quer realizar conosco através da sua vontade, como fez em Cristo, isto é, levando a nossa cruz e sacrificando a nossa própria vontade.

A obra de fé em Cristo não é nossa, humana e caída, não é apenas a nossa maneira de pensar, não é um sentimento e um atributo intelectual. A obra de fé, como a fé de Abrão que creu e isso lhe foi imputado como justiça (Gn 15.6) é ouvir e obedecer a Deus mesmo sem religião (Rm 4).

Podemos nos justificar diante de Deus como muitos tentaram, como muitos ainda tentam buscando a meritocracia ou os próprios méritos. Quem esta em missão é Deus e nesse caso somos seus cooperadores obedientes.

Lembra quanto em certa ocasião um perito na lei (fariseu) tentou colocar Jesus Cristo a prova e se justificar com suas obras religiosas? Ele lhe perguntou:
_”Mestre, o que preciso fazer para herdar a vida eterna?”
Cristo lhe perguntou:
_”O que está escrito na Lei? Como você a lê?”
Ele respondeu:
_”Ame o Senhor, o seu Deus de todo o seu coração, de toda a sua alma, de todas as suas forças e de todo o seu entendimento e ame o seu próximo como a si mesmo.”
_Disse Jesus:
_”Você respondeu corretamente. Faça isso, e viverá.”
Na dúvida e na mão da contramão do que fazia, ele querendo justificar-se, perguntou a Jesus:
_”E quem é o meu próximo?”
Cristo lhe contou uma história bem interessante para poder ilustrar o seu próximo (parábola). A história da vida real foi sobre um homem ESTRANGEIRO que estava fugindo dos horrores da guerra em sua aldeia com toda a sua família, ele tentava salvar seus filhos e buscar um futuro melhor. Mas no meio do caminho dificultoso pelas montanhas havia o grande mar onde foram atingidos pela tempestade e grandes ondas, desafios naturais que não tinham como transpassá-los devidos os poucos recursos de transporte como carros de guerra e fortes navios. O filho atingido foi deixado pelo caminho, as margens da praia. Durante o êxodo desesperado pela sobrevivência passou religiosos, passou toda uma potência religiosa que esta assistindo em seus recursos tecnológicos, mas não podiam ajudar. Eles tinham suas justificações e não deviam politicamente se envolver e nem quiseram atender o pobre ESTRANGEIRO. Somente um Cisjordânio (samaritano islâmico) o ajudou. Ao que Jesus lhe perguntou…
_”Qual destes três você acha que foi o próximo da família que foi vitimada pela maldade humana em todas as suas guerras?”
O perito da lei religioso afirmou:
_”Aquele que teve misericórdia dele!”
_“Jesus lhe disse: Vá e faça o mesmo!”
(Lucas 10: 25-37)
Saber da fé é uma coisa, mas ser transformado em justo pela fé é outra coisa menos religiosa e bem diferente! A vida não se justifica por nossos méritos, se justifica por aquele que é por nós.

A obra de Deus não somos nós que fazemos, é Ele quem realiza através de nós quando obedecemos como Cristo Jesus foi obediente.

Joaquim Tiago

11/09/15

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s