“Do que colherem, deem a quinta parte ao rei; usem as outras quatro partes para semear e para alimentar vocês, os seus filhos e as pessoas que moram com vocês.” (Gênesis 47:24)

Dizem que “nem todo judeu é rico, mas não se vê um judeu mendigando”. Essa não mendicância decorre de um hábito antigo, de que é denominada pelo Judeu como: “seguir a lição de José”.

O cerne dessa lição é que todo judeu aprende desde o berço que deve ter reservas suficientes para viver pelo menos SEIS meses caso alguma tragédia se abata sobre o sua sobrevivência.

Com o tempo do Egito de seca e fome, a família de José aprendeu que se é rico não pelo que se ganha, mas pelo que se poupa. Não confunda poupar com ser miserável! Ser miserável e ser AVARENTO, ter medo de perder o que acumulou, consumista e egoísta.

Nas escolas, deveriam ensinar as crianças a não ter cartões de crédito para comprar merenda, mas viver apenas com 70% do que se ganha dos pais. Guardar a décima parte do dinheiro que se ganha dos pais como poupança. Dividir com quem não tem pelo menos 10% e bem como sempre se reinvestir em desenvolvimento pessoal 10%.

No caso de José la no Egito, um quinto representa 20%, guardado por 6 meses nos celeiros daria novamente 100% de reserva da produção para viver mais SEIS meses.

A nossa crise de grana e a crise Brasileira e até mundial é também uma crise do consumismo, de gastos com dinheiro virtual emprestados a juros altíssimos, financiamentos muito exorbitantes do que ainda não foi produzido.

Se estamos nesse Egito de seca e escassez, ta no momento de ler novamente a história de José la nessa terra.

Joaquim Tiago Bill
(7/4/16)

Anúncios

Estaria o Reino de Deus repartido?

Por sermos pessoas Integrais, isto é, não somos repartidos, vivemos também de forma integral e não de forma separada. O que fazemos na vida, mesmo em parte, afeta tudo e afeta a vida toda. Quem sabe até vida após a morte?

Diante de um Brasil polarizado ideologicamente, partidariamente, politicamente, isso também faz com que todas as partes da vida sejam afetadas. A polarização afetou a tudo integralmente.

As ideologias partidárias e políticas afetaram as famílias, casas, ruas, rodas de amigos, redes sociais, salão de beleza, e onde houver pessoas reunidas, inclusive na igreja. Sim, igreja não é uma repartição religiosa da vida, a não ser que freqüentemos apenas para cumprir ritos religiosos e ouvir linda palestras. A igreja esta enfrentando a polarização ideológica e política do Brasil, porque é freqüentada por pessoas integrais.

Graças a Deus, o seu Reino também é integral, e sua missão é a justiça. O Reino de Deus é um Reino de Justiça. O Reino de Deus nos afeta em toda vida sem repartição e em todos os lugares.

Jesus Cristo quando aqui viveu como homem, viveu de forma integral, sofreu em todas as dimensões, inclusive até na política e morreu de forma integral. Jesus viveu de forma justa, foi um homem justo, sua justiça afetou tudo e foi onde não se encontrou Nele acusação em qualquer instância. Jesus Cristo foi integral com todos e com seus amigos.

Enquanto vamos sendo afetados e polarizados a vida toda vai junto nesse ritmo. Não tem como dizer que vivemos uma parte aqui e outra acolá, apenas vivemos tudo que pensamos e somos.

O que tem nos afetado nesses dias e como isso afeta a tudo? O Reino de Deus não esta dividido! Quem esta Nele sabe que Deus é bom e que os justos viverão pela fé em tudo, nossa missão como a de Cristo é ser justos com todos, com o semelhante.

Fora o Reino de Deus o que pode nos afetar é um reino caído.

“Venha o teu Reino. Seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu.” (Mateus 6.10)

Joaquim Tiago Bill
3/4/16