bansky-no-futuro

O que o outro ou a outra situação pode me causar? O que o diferente pode ser diante de quem sou? Como pode parecer essa diferença que tenho? O que pode me causar a sua desigualdade?

O mundo com tantas necessidades iguais, com tantas fomes parentes é um mundo de diferentes pares, de diferentes pensamentos e sentimentos. Cada igual em sua carência luta por sua diferença, cada par luta por sua disparidade, cada fome alimenta seu necessitado.

A calamidade assustadora nesse mundo de iguais diferentes não é o ódio que cada um cultiva do outro, seja por ganância, vingança ou por inveja. A maior calamidade é a estranha mania de ser indiferente.

Qual o contrário do amor? Não é simplesmente do contrário que se trata, a ausência de amor não é feita por ódio, é feita por indiferença. Quem ama pode até odiar, passar raiva. Quem é indiferente não sabe mais amar.

O indiferente difere o outro em detrimento a si, e em si cultiva seu narcisismo, sua perversão mais doente, o mundo foi criado para mim.

Quem mais se importa? Quem mais se preocupa? Quem mais ajuda a causa? Perguntas tão distante de uma realidade bem diferente.

O cristianismo nos lembra de tanta coisa, de tantos acontecimentos, pensamos praticamente na religião, aos que frequentam templos, que tem costumes culturais restritos ou irrestritos.

Não precisamos de mais um discurso religioso, mas a verdade do evangelho é que quando Deus olhou para nós, para o outro, para o mundo, quando olhou para nossa situação tão diferente a Ele, Ele não foi indiferente, Ele amou!

Deus nos amou enviando e entregando seu filho para levar sobre si toda indiferença desse mundo, toda culpa e pecado.

Estar em um culto para ser diferente do Deus do amor, esperando que Ele apenas abençoe indiferente do que eu seja não é o mesmo que cultuar o Deus que se manifesta para todos em seu próprio amor.

Este mundo já esta cheio de pessoas diferentes e todas iguais em suas carências.

Deus não é indiferente, Ele esta sofrendo com os que sofrem se importando com a dor, o amor que nos salva. Ele se importa, ouve e nos faz diferente de um mundo tão indiferente.

Nele!

Joaquim Tiago Bill
(08/11/2016)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s