Deus dos Vivos

O mundo cultua a morte e ela caminha nessa terra recompensando o pecado. Deus pai de Jesus Cristo não é cultuado com a morte e sim com a vida. Acompanhe a leitura em Lucas 20.27-38.

No período da quaresma, concentra-se também a observação da morte de Cristo, tristeza e contrição, cor púrpura e jejum. Jesus não veio apenas morrer como sacrifício, veio viver e trazer nova vida. Deus trouxe a transformação através da salvação. Podemos deixar um mundo de morte para viver uma nova vida (Rm 8.28-29).

A morte que ainda ronda e traumatiza a humanidade será vencida, esse último inimigo será derrotado. Moises faz referência diante da sarça ardente com a ressurreição do Deus de Abrão, Isaque e de Jacó que experimentam a vida eterna.

A realidade em Cristo não se resume a essa vida, mas em outra realidade que já se faz presente na salvação e caminha para intimidade Eterna com Deus.

Estamos a 30 dias da páscoa, estamos nos dias de cinzas e na quaresma. Dias de reflexão sobre a obra salvífica do Nosso Senhor Jesus Cristo.

Faça essa oração hoje:

Jesus tu és a minha nova vida e a nova realidade que me da eternidade no presente tempo.

(1/3 – Quaresma 2018)

Joaquim Tiago

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: