A proliferação da maldade dos nossos dias

Um dia em Jerusalém, Jesus com seus discípulos estão saindo do templo. Rolou um comentário entre os discípulos sobre a impressionante opulência do templo com sua arquitetura e pilares gigantescos, faraônicos, orgulhosos. Jesus apenas avisou da sua queda onde não ficaria pedra sob pedra. Acompanhe a leitura em Marcos 13.1-13.

Depois de atravessar os muros de Jerusalém, na parada preferida a sombra das oliveiras os curiosos alunos e seguidores queriam saber que dia era aquele onde “a casa vai cair”. Que dia a igreja vai ser destruída? Vai haver algum sinal? Como seria o desfecho de tudo? Precisamos ficar atento aqui para não perder essa batalha de conquista.

Qual o sinal mais evidente dos últimos dias? A proliferação da maldade por conta do pecado que na tentativa de viver sem Deus ou querer ser o deus no individualismo sofre conseqüentemente o esfriamento do amor, o fim do amor.

A prática do pecado constitui-se na falta de amor, amor a Deus e ao próximo. O pecado é gerado da iniquidade. Os sentimentos dentro da cultura desse sistema se continuem em orgulho, a inveja, o ódio e a indiferença. São distribuídos hoje em escalas universais pelas redes sociais.

Jesus só deu uma recomendação – “aquele que perseverar até o fim será salvo.” (Marcos 13.13). Só permanece quem tem a boa fé cultivada e entrega sua vida em um culto inteligente (Rm 12). Pois sem a fé é impossível agradar ao Senhor como já dizia o autor aos Hebreus no capítulo 11.

Estamos a 25 dias da páscoa, estamos nos dias de cinzas e na quaresma. Dias de reflexão sobre a obra salvífica do Nosso Senhor Jesus Cristo.

Faça essa oração hoje:

Jesus me a permanecer firme e resistir nesses últimos dias ao esfriamento do amor e a indiferença ao próximo.

(6/3 – Quaresma 2018)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: